Entrada > Notícias > Estudante da ESHT realiza Estágio no Louvre

Estudante da ESHT realiza Estágio no Louvre

Gest. de Actividades Turisticas

Bruno Silva, é o estudante da Escola Superior de Hotelaria e Turismo que se encontra a realizar o estágio no Museu do Louvre. Fica aqui o seu testemunho.


Da necessidade de realizar um estágio surgiu a ambição de o fazer no melhor lugar possível. Para mim, enquanto estudante da licenciatura em Gestão de Atividades Turísticas, esse lugar é o Louvre!

Não foi fácil. Foram dois meses repletos de ansiedade, de troca de e-mails e de papeladas até se conseguir um sólido “Oui”, mas aqui estou eu, num dos melhores museus do mundo.

A minha primeira semana foi repleta de experiências e emoções, só avaliadas corretamente quando sentidas. Trabalhar no Museu do Louvre é a constatação do idealizado e sonhado. Mas, ao mesmo tempo, tem sido muito desafiante, quer pelo volume de informação que sou obrigado a assimilar, pelo número de idiomas com que tenho de lidar no quotidiano, assim como as formas de interação com os diferentes públicos. Trabalhar no Louvre é ter de saber tudo sobre todos os espaços, tetos, estátuas, pinturas, saber a sua localização e como lá chegar.

Todos os dias me chegam visitantes que não fazem a menor ideia do que ver. Pedem-me para traçar um plano das áreas mais visitadas, o que me leva a dar a minha opinião, ajudá-los no seu trajeto e desejar a melhor avaliação da sua experiência, refletida depois no seu sorriso de orelha a orelha. Outros, dizem que querem ver determinado tema ou nação, e eu crio um roteiro personalizado.

Em suma, para além de prestar informações, de contar histórias e de ajudar os visitantes em todo o processo da visita, desde o ticket à orientação no museu, eu crio imensos roteiros.

No decorrer do próximo mês, irei colaborar na operação “Plage sur la Seine”, patrocinada todos os anos pelo Louvre. E, no final do estágio, irei entregar um relatório com todas as sugestões e propostas de melhoria, pertinentes, do meu ponto de vista, no âmbito do funcionamento do museu.

Espero que consigam ter a mesma oportunidade do que eu, pelo contacto com dinâmicas de trabalho ao mais alto nível de exigência.

Bruno Silva

Autor

Bianca Motta

Partilhar