Entrada > Notícias > Um de Nós | Cândida Silva

Um de Nós | Cândida Silva

Presidente do Conselho Técnico Científico da ESHT, escola de Hotelaria e Turismo do Politécnico do Porto, Cândida Silva tem já uma longa ligação ao Campus 2


QUANDO COMEÇOU A TUA LIGAÇÃO À ESCOLA?  
Entrei na ESEIG em outubro de 2005 para o curso de Ciências e Tecnologias da Documentação e Informação.

COMO RECORDAS OS PRIMEIROS TEMPOS?
Uma comunidade ativa, com muitas iniciativas, mas dividida por cursos. Os cursos eram o motor da escola, mas também eram a divisão da escola, os docentes, as atividades, tudo era por curso. Contudo, havia muita dinâmica, interajuda e profissionalismo.

O QUE TORNA O TEU TRABALHO ESPECIAL? 
Faço o que gosto e gosto do que faço! Ser professora é a minha vocação. Para mim, ser professora é ter oportunidade de todos os dias poder aprender alguma coisa nova com um estudante ou com um colega, é poder contribuir para o crescimento de alguém, é poder contribuir para que alguém seja mais feliz. Cada dia de um professor é diferente. Em cada aula, em cada reunião, em cada projeto de investigação, as interações, as ideias, os resultados e principalmente a aprendizagem vai ser diferente, é sempre muito enriquecedor. Claro que há problemas e dificuldades, mas ser feliz é ter dificuldades e saber viver com elas e aprender com elas para nos tornarmos pessoas melhores. É isto que tento fazer todos os dias e é isto que torna o meu trabalho especial. Tento mostrar às pessoas com quem vivo todos os dias na escola, estudantes e colegas, que podemos ser melhores, ser felizes.

O QUE TORNA ESTA ESCOLA ÚNICA? 
O ambiente, composto por estudantes, docentes e pessoal não-docente. O compromisso que todas estas pessoas têm com a escola, com este projeto, como se fosse sua, torna esta escola única.

O QUE MAIS MUDOU NESTES ANOS? 
Mudou muita coisa! Passamos de ESEIG para ESHT. Esta transformação foi muito grande e muito difícil, principalmente porque temos sempre receio do desconhecido. Havia toda uma dinâmica já construída que, a princípio se julgava perdida, no entanto depois revelou-se como uma transformação, e uma boa transformação.

CONTA UM EPISÓDIO MARCANTE
Apresento dois episódios marcantes, os dois igualmente difíceis, mas com conotações opostas. O último aniversário da ESEIG, em janeiro de 2016. Teve a conotação do fim de um projeto e a dificuldade de visualizar o que realmente seria o novo projeto, o que seria a ESHT.
O primeiro aniversário da ESHT, em Outubro de 2016. Apesar das incertezas, das dúvidas sobre o caminho a trilhar, das obras, das questões dos estudantes, houve logo uma certeza, um compromisso de comunidade para com o novo projeto. Todos os docentes se empenharam para tornar esse o momento da nova escola e o compromisso de criar uma escola de hotelaria e turismo de referência.

UMA IDEIA PARA O FUTURO
Mais do que uma ideia é um sonho para o caminho que ambiciono para esta escola, que é a criação de um hotel escola. Em breve teremos o restaurante da ESHT, o caminho a seguir deverá ser o Hotel-Escola ESHT, e de preferência equipado com tecnologia de informação de ponta, o Hotel 4.0 na ESHT! 


A rubrica  Um de Nós representa um espaço de partilha de experiências, ideias, histórias, e projetos, com uma breve entrevista a estudantes, docentes e não-docentes. É nossa convicção que cada Escola guarda — nos seus bastidores, salas, corredores e gabinetes — muitos rostos e talentos.  Queremos ser a voz de cada um de nós porque as grandes histórias por vezes estão mais próximas do que imaginamos

Autor

CCIC | P.PORTO

Partilhar